sexta-feira, 10 abril, 2015

Carência – Por Luíz Augusto No rating results yet

Drika Leão

Carência de quê e por quê?

Linda reflexão do meu querido amigo e chef de cozinha, Luíz Augusto!

“Estamos todos com carência de passear de mãos dadas, de desfrutar as coisas simples e prazerosamente dar e receber carinho a quem você gosta, estima ou tem interesse. Não entendo a necessidade de demonstrar superioridade emocional.

Gente, acorda!

Maturidade também é se entregar aos acontecimentos da vida, ao outro, à vontade de estarem juntos. Porque a necessidade de mostrar essa superioridade? O bom mesmo é fazer uma comidinha pra quem você gosta e depois saber que vão “apenas” dormir abraçados, sabe, essas coisas simples que perdemos nessa marcha de um desapego e uma maturidade cega!

Acorda gente!

Felicidade, amor, desejo, todas essas emoções nos fazem parecer ridículos, abobalhados, e daí? Seja ridículo, goste, se apaixone, fique com raiva! Sentimentos existem para serem sentidos, não encaixotados! Deixe de ser frustrado, “pague mico”, saia gritando e falando bobagens, você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta.

Viva! Antes embriagado do que iludido? Não! Antes idiota que infeliz!”

Luíz Augusto

luis-augusto_n

♥♥

⇒INSCREVA-SE NO BLOG e acompanhe tudo sobre RELACIONAMENTOS E INTIMIDADE  aqui no www.drikaleao.com.br

REDES SOCIAIS

 

 

Please rate this


Drika Leão

Um comentário sobre “Carência – Por Luíz Augusto

  1. Legal o artigo. Não necessariamente maturidade é demonstrar frieza o tempo todo como muitas pessoas pensam, mas sim ter discernimento de como agir em diferentes situações. Algumas exigem sim ser mais analítico e frio, outras mais emocional. O que não pode só é também ficar transbordando emoção e ficar se entregando a tudo, isso já é fraqueza,

Deixe uma resposta

Preliminares

Aguarde! Em breve você conhecerá uma loja que vai mudar todos os seus conceitos.

Aguarde